Cinco Sentidos

Mais que espaços físicos, geramos espaços sensíveis e geradores de aprendizagem e satisfação para motivação e desempenho das mais diversas potencialidades humanas.

Assim propomos como desafio para esta década, que a arquitetura seja planejada a partir das seguintes “geratrizes de projetos”:

5 SENTIDOS
(olfato, tato, audição, paladar, visão)

 

4 FONTES NATURAIS DE ENERGIA
(sol, vento, água, bio)

 

3 ESPAÇOS CONSTRUÍDOS
(edificação, paisagens, infraestrutura)

 

2 PARADIGMAS CONTRAPOSTOS
(cooperação suplantando a competição)

 

1 HABITAT SUSTENTÁVEL

 

ZERO DE POLUIÇÃO