Quem somos

Otávio Urquiza

Arquiteto e urbanista – 1983 UNISINOS/RS –  Em 1992 forma-se em Permacultura com Bill Mollison e Scott Pittman e a partir deste momento assume a Permacultura como o maior instrumental da civilização para a sustentabilidade, fundindo ecologia, cooperativismo e cultura na sua mais ampla expressão.
Otávio Urquiza Chaves,  Curitibano, trabalhou muitos anos no Rio Grande do Sul, onde também se formou.
Prêmio Ecologista do Ano José Lutzemberger em 2006 de Porto Alegre, participante no TEDx Porto Alegre, além de outros prêmios nacionais e internacionais, volta a Curitiba onde nasceu como arquiteto em 1975 em uma visita ao IPPUC, quando tinha 19 anos.
Hoje produtor de Ecoovilas Urbanas, sua cidade natal, reconhece que a região passa por um momento muito propício para empreendimentos ecológicos e sustentáveis. Reconhecido pela imprensa Gaúcha como o “Arquiteto do Lápis Verde”e  “Arquiteto do Bem Viver” é identificado com o movimento das Cidades do Bem Viver na Itália – Cittáslow.
Propõe em seus projetos como metodologia de rede e paradígma para a década em movimento, a “Biologização da Vida”, uma contagem regressiva desde os 5 Sentidos à Emissão Zero de poluentes, projetando residências onde crianças e idosos convivem harmoniozamente com rica fauna e flora em ambiente educador e inspirador.

 

Contrate nossas PALESTRAS e dissemine a Permaculura e nossas contribuições às soluções para nosso planeta…

 

Nossa Missão

Aprimorar com mais efetividade e desenvoltura os trabalhos realizados junto a Cooperativa de Trabalho Transdisciplinar Arcoo Ltda, desenvolvidos ao longo destes últimos 20 anos.

Nossa Missão é empreender, desenvolver tecnologias apropriadas à habitação ecológica, gerar trabalho e novos referenciais para as Sociedades do Bem Viver.

A mudança planetária de paradigma, frente ao aquecimento global, o excesso de custos da sociedade de consumo e a geração de resíduos poluentes, nos impõem a responsabilidade de oferecermos à nossa sociedade soluções em sustentabilidade que contribuam de forma construtiva e transformadora, com a economia, a arquitetura e a cultura de nossa sociedade.

Organizar empreendimentos ricos em memória em bairros com identidade cultural secular, como a cultura italiana, impactando positivamente o mercado imobiliário, ecologica e culturalmente.