Blog

Poesia dos 5 sentidos

Postado em 10 de maio de 2014 | Por: | Categorias: Sem categoria | Nenhum Comentário

banner4

Esta Síntese pretende ser um parâmetro de planejamento pra década em curso, para casas, condomínios, bairros e cidades.

Em tempos em que tudo vira lei, vai aí um decreto que não se cumpre por medo de multas e não se fiscaliza com polícia. Um decreto que se constrói nos corações dos justos e responsáveis.

Então, fica decretado que:

“Em cada canto encontrarás o aroma, a forma, a luz, o tato…darás uma mordida de fato e os pássaros cantarão agradecidos”.

Artigo 5
Fica decretado que toda Morada promoverá os 5 sentidos. Os jardins produzirão frutos e aromas que invadirão os lares, gerando compreensão aos pequenos que assim tocarão com suas mãos e olhos a paisagem.

Artigo 4
Fica decretado que toda morada de braços abertos beberá das 4 fontes da natureza.
O sol entrará pelas janelas e incidirá sobre as chaminés, dando conforto e aquecimento aos seres.
As águas circularão pela morada e, agradecidas, reencontrarão suas límpidas vertentes.
Os ventos soprarão suaves refrescando os lares, dando-lhe mais energia.
A natureza, com toda sua delicada complexidade, será sua moldura e lhe fornecerá sentidos.

Artigo 3
Fica decretado que os 3 elementos deste habitat, que são a casa, os jardins e suas veias energéticas, dançarão em roda incansavelmente. Os ventos invadirão por suas veias abertas aromatizando e refrescando o sono de seus víveres. As águas, após tocarem as peles e as xícaras, intensificarão os aromas das flores e retornarão às entranhas da terra.

Artigo 2
Fica decretado que haverá uma luta incansável entre as 2 forças milenares, a competição e a cooperação. Fica decretado que a cooperação suplantará a competição com multiplicidade, sensibilidade e força secular. Fica decretado que a cooperação regerá todas as técnicas que as projetam.

Artigo 1
Contradizendo todos os tempos, fica decretado que toda morada haverá de ser saudável . Que todos os seres se nutrirão e descansarão sob o clima da natureza intuindo a longevidade.

Artigo final
Fica decretado que a vida se retornará cíclica. Que todos os artigos em conjunção sustentarão uma morada saudável e sem poluentes resíduos. Fica decretado que a Biologia será nossa razão e regerá o perdão de toda nossa existência.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *